As mulheres apresentam melhorias na qualidade de vida e auto-estima, após tratamentos de celulite, refere estudo científico

Cerca de 50% da população refere algum tipo de insatisfação com a sua aparência, nomeadamente, com a celulite.

O termo celulite é conhecido e usado para descrever a superfície da pele com aspecto em casca de laranja ou acolchoado, sendo prevalente em mulheres de todas as raças, especialmente em caucasianas.

Pouco se estuda acerca dos aspetos psicológicos, psiquiátricos e comportamentais em mulheres com celulite mas há um estudo de Hexsel et al. (2012) muito interessante que nos revela alguns pormenores acerca disso mesmo.

Grande parte das mulheres que procuram tratamento para a celulite sentem-se incomodadas com essa condição e podem desenvolver comportamentos mórbidos em função da presença de celulite e preocupação com a aparência. Por exemplo: ingerir alimentos de forma compulsiva (84,8% das mulheres deste estudo afirmaram já terem feito isto).

Sentimentos negativos, como a culpa, após a alimentação, mencionados por mais da metade (58,7%) das voluntárias, e grande apreensão em relação à quantidade de gordura corporal foram observados e são fatores que podem estar relacionados ao uso indiscriminado de medicações anorexígenas e laxantes.

Neste estudo 78,3% das mulheres relataram que se sentem constrangidas em relação à presença de celulite e que querem procurar tratamento.

Uma pequena parcela das pacientes (6,5%) sentem-se influenciadas pelo parceiro para procurarem tratamento, enquanto 28,3% dizem que o fazem por influência dos meios de comunicação social.

A preocupação com a aparência física está diretamente relacionada às atividades de lazer e do quotidiano, ocasionando atitudes de isolamento e baixa auto-estima, e atuando negativamente sobre a qualidade de vida.

Num outro estudo anterior, realizado pelos mesmos autores, concluiu-se que as pacientes apresentam melhorias na qualidade de vida e auto-estima, após tratamentos de celulite.

Como conclusão, percebe-se que são frequentes os transtornos e o desconforto emocional relatados por pacientes com queixas de celulite, que se manifestam por sentimentos negativos e ocorrem em situações comuns do dia a dia.

Pode fazer uma consulta de avaliação inicial na Clínica EM FORMA, para tratar da sua celulite e sentir-se melhor, quer física, quer psicologicamente.

Para ler o estudo na íntegra, pode fazê-lo AQUI.

Também poderá gostar de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *