Vem aí o Verão…

BOURNEMOUTH, UNITED KINGDOM - APRIL 14: A woman sits at the water's edge as she enjoys the hot weather on the sea front on April 14 in Bournemouth, England. The un-seasonably warm weather has heralded the start to what weather forecasters predict will be a record breaking summer. (Photo by Matt Cardy/Getty Images)

Vem aí o Verão! Já sabe disso e, por vezes, isso até é uma dor de cabeça para si. Sabe que até vai estar de férias, com toda a família e aproveitar o calor; contudo, a ida à praia já está a mexer consigo. Não vai ser fácil. Mais um ano em que vai ter de ir à praia (pois os filhos estão sempre a insistir consigo para ir) e arranjar uma série de truques para se sentir melhor.

Truques esses que são, somente, uma desculpa. Uma desculpa para “tapar” aquilo que você não quer ver. Aquilo com que não consegue lidar. Aquilo a que os especialistas chamam de obesidade.

E é a obesidade que não a deixa ir até à praia. Aliás, ela até deixa, mas tem de usar o fato de banho maior (para se ver o menos possível); tem de usar um paréo à cintura, pois não gosta das suas pernas e, além disso, prefere ficar sempre por baixo do chapéu, para se esconder (mesmo de forma inconsciente).

Não esconda mais aquilo que, juntos, conseguimos tratar. Não esconda mais aquilo que a está a deixar triste, preocupada e sem energia.

A obesidade é uma doença. A obesidade é perigosa. A obesidade causa transtornos, não só a nível físico, como a nível psicológico. Sabia que a obesidade pode ser mais prejudicial que fumar? Sabia que a obesidade leva um País a gastar milhões de euros? Sabia que a obesidade é apenas uma forma muito mais rápida de chegar a outras doenças? Sabia que a obesidade também tem influência genética? É isso que quer para os seus filhos?

Sei que posso estar a ser demasiado directa consigo, mas preciso que faça o click. Preciso que faça alguma coisa por si. Pela sua família que, certamente, não o gosta de ver assim. Pela sociedade; torne-se num exemplo a seguir.

Assuste-se realmente com o que se está a passar consigo, porque é caso para isso! Se quando tem uma febre incontrolável, uma dor no peito ou um pé partido vai ao médico; porque é que se tem obesidade (uma DOENÇA) não o faz também?

Não custa assim tanto. Só custa dar o primeiro passo. E sabe porquê? Porque depois nós estamos cá consigo, para o ajudar a dar os outros passos e, finalmente, a conseguir caminhar sozinho e a ser feliz com isso.

Venha ter connosco às Clínicas Em Forma! Assuma para si próprio que a obesidade não pode mais comandar a sua vida. No início pode parecer difícil mas, depois, as mudanças positivas sobrepõem-se a tudo o resto!

Nunca se esqueça que “a mudança é a lei da vida. E aqueles que apenas olham para o passado ou para o presente irão, com certeza, perder o futuro” (John Kennedy).

Também poderá gostar de…

1 resposta

  1. Clarinda de Almeida Serrano Ramos diz:

    Dª. Mafalda
    Mais um artigo que apreciei. Bem haja pela sua preocupação com a saúde e bem estar das pessoas.
    É um privilégio tê-la como psicóloga.
    Gosto muito,muito de si.
    Beijinhos
    Clarinda Ramos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *