Receitas de Natal: Bacalhau com batatas e couves

couvada-bacalhau

Até ao Natal vamos apresentar-lhe as receitas mais típicas de Natal, mas com um comentário da nossa nutricionista, Drª Ana Filipa Baião; para que consiga passar um Natal com os pratos e doces típicos, mas que os excessos sejam menores.

Hoje começamos com o prato mais típico de todos: o Bacalhau com couves e batatas. A tradição do bacalhau no Natal surgiu na Idade Média, com o calendário cristão, onde as pessoas faziam jejum, na altura das principais festas católicas: o Natal e a Páscoa. Como não se podia comer carne nestas alturas e o bacalhau era o peixe mais barato, começou por se comer bacalhau. A carne estava apenas reservada para o almoço de Natal, no dia 25 de Dezembro. Com o tempo, o jejum na altura do Natal foi desaparecendo, mas a tradição de comer bacalhau persiste até aos dias de hoje…


Ingredientes (5 pessoas)
– 5 Postas grossas de bacalhau demolhado
– 2Kg de Batatas
– 2 Couves pencas (couve portuguesa)
– 5 Ovos
– 4 Dentes de alho
– 3dl azeite
– Sal e vinagre q.b.

Preparação
Cozem-se as batatas, previamente lavadas e com pele, ou descascadas e cortadas a meio.
Lavam-se as couves pencas, separando as suas folhas.
Entretanto, cozem-se as postas de bacalhau juntamente com as pencas (ambos colocados só quando a água estiver a ferver).
À parte cozem-se os ovos.
Prepara-se o molho, levando ao lume o azeite e os alhos, abertos ao meio ou esmagados. Quando levantar fervura, retirar do lume e juntar um pouco de vinagre. Manter quente.
Quando tudo estiver cozido, descascar os ovos, pelar as batatas, se for esse o caso, e dispor todos os ingredientes numa travessa. Coloca-se o molho na molheira e serve-se quente.

Nota: Em algumas regiões do país é também costume adicionar-se cenoura cozida, além de se juntar folhas de louro na água de cozer o bacalhau.


Nota Nutricional: O mais tradicional dos pratos da noite de consoada. É muito interessante nutricionalmente, devido à presença do Bacalhau como principal fonte de proteína de elevado valor biológico. Pobre em gordura e açúcares, e uma boa fonte de vitaminas e minerais, nomeadamente, de vitaminas do complexo B, iodo, fosforo, potássio, ferro e cálcio. Exige controlo de sal, pois tradicionalmente o mais consumido é o bacalhau salgado e, por esta razão, convém demolhar com alguma antecedência. Há quem o combine com ovo, não sendo essencial esta junção. Caso aprecie esta combinação, reduza a porção de bacalhau e ovo no seu prato, a fim de controlar o valor calórico desta refeição; uma vez que um ovo inteiro, cujo peso é aproximadamente 80 a 90gr, pode apresentar um valor calórico próximo dos 155kcal.

A estratégia nutricional para este prato, consiste em distribuir para cerca de 70% do prato, as hortaliças e vegetais cozidos. Para além da couve portuguesa, experimente acrescentar o nabo, a couve de coração ou até mesmo os brócolos ou couve-flor. Esteja atento à quantidade de batata que coloca no prato, especialmente se pretende perder peso.

A variada presença de couves, folhas verdes e também de gordura polinsaturada, mais concretamente o ómega 3 e 9, provenientes do bacalhau e azeite, respetivamente, tornam este prato um prato preventivo da doença cardiovascular e oncológica.

Também poderá gostar de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *