Não use Papel de Alumínio!

Usamos frequentemente o papel de alumínio para embrulhar comida (ex. sandes, fruta, legumes,…) ou até mesmo para preparar alimentos (ex. carne no forno; peixe ao vapor,…).

Achamos que não há qualquer tipo de problema; no entanto, há vários alertas que salientam a gravidade deste tipo de uso do papel de alumínio.

O papel de alumínio liberta uma neurotoxina de metais pesados, que pode causar uma diminuição da capacidade mental; além de perda de equilíbrio, falha de memória ou até mesmo Alzheimer.

E o que é que acontece quando usamos papel de alumínio para cozinhar?

As toxinas acumulam-se nos nossos ossos e podem reduzir a quantidade de cálcio que estes são capazes de absorver. Os médicos revelam ainda que se a fumaça proveniente dos alimentos preparados com o papel de alumínio for inalada, podem surgir vários problemas respiratórios.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera seguro ingerir apenas 1 miligrama do alimento envolto em papel de alumínio, por kg de peso de uma pessoa (por semana). Ou seja, uma pessoa de 70 kg poderia ingerir 70 miligramas por semana.

Um estudo publicado no International Journal of Electrohemical Science mediu a quantidade de alumínio transferido para o alimento, quando se prepara carne moída no forno com papel de alumínio. Os resultados revelaram que quanto mais tempo o alimento fica no forno envolto no alumínio, mais partículas nocivas são transferidas para a comida.

os pesquisadores perceberam ainda que se usassem molhos ácidos ou apimentados, a dissolução de partículas nocivas do alumínio duplicava. Realizaram então um teste com um pedaço de carne com molho de tomate e vinagre. O resultado mostrou que foram absorvidos 465 miligramas da substância nociva, lou seja, quase 8 vezes mais do que o recomendado pela OMS para uma pessoa com 60kg

Também poderá gostar de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *