Dispa o Seu Stress

Salvador Dali

Todos nós, em algum momento da nossa vida, já experenciamos o que é estar ou sentir stress. O stress não é mais que uma resposta do organismo a determinados estímulos físicos e emocionais (por exemplo: problemas no trabalho; divórcio, etc.). E, portanto, perante uma situação de stress, o organismo liberta uma quantidade excessiva de adrenalina e catecolaminas – esta libertação de hormonas provoca diferentes reações no corpo humano, entendidas como o stress.

E como podemos nós aliviar este stress que, muitas das vezes, parece que nos consome? Descubra a seguir o que pode e deve fazer para despir o seu stress, de uma vez por todas:

1) LIBERTE-SE DA TENSÃO 

Primeiro que tudo tem de ter a percepção de onde vem essa tensão que está a sentir. Identifique as causas e perceba os seus efeitos (sejam físicos, emocionais ou mentais).

Posteriormente, tem duas opções: lutar ou fugir! Aceite essa tensão, mas modifique-a. Mude de perspetiva. Abrande o ritmo e viva o presente, no presente. Desenvolva a paciência, é um fator muito importante.

E depois… Depois reaprenda a sorrir e a rir. Além de aumentar a sua auto estima, dar e receber um sorriso irá trazer-lhe uma maior felicidade.

2) O SOSSEGO

Aprenda a viver em sossego. Ouça o seu silêncio e aprenda a disfrutar do mesmo. Deve sentir mais do que racionalizar.

E que tal começar a meditar? Há várias técnicas de relaxamento e meditação que pode e deve utilizar. Aprenda a respirar e a relaxar.

Outro truque que pode começar a fazer é a escrever; escreva em vez de telefonar. Deite para o papel as suas frustrações, tristezas, alegrias… Liberte-se!

3) BARULHO

Comece por ouvir o barulho interior: que sentimentos mais “barulhentos” é que tem? Identifique-os e perceba porque é que eles estão a surgir. Solte toda a raiva e todos os sentimentos mais negativos que estão dentro de si (nem que para isso tenha de bater nas almofadas, para libertar toda a tensão).

Chore! Chorar faz bem e é necessário. Exponha a sua vulnerabilidade perante os outros mas, acima de tudo, perante si próprio.

Cante! A vida pode ser uma canção, cante-a!

4) MEXER-SE

Pode e deve fazer vários tipos de exercícios físicos, como por exemplo, caminhadas, dança, yoga, etc. O que mais gostar, desde que se mexa.

5) MAGIA INFANTIL

Regresse ao estado de inocência. Atreva-se a ser criança novamente. Leia alto. Brinque. Pinte um quadro. Divirta-se e seja feliz!

6) FALAR

Fale! Fale com outras pessoas – aprenda a partilhar e a confiar. Fale sozinho – pergunta e dê as respostas.

Reprograme a mente. Substitua as palavras “ter” por “escolher”; as palavras “não te esqueças” por “lembra-te”.

7) FUGA

Saber estar é tão importante como saber fazer. Cuidado com o tempo. Há uma grande ansiedade em fazermos mais, cada vez em menos tempo. Deixe de olhar para o relógio e deixe de tornar a sua vida numa ansiedade. Leva as coisas com calma e tranquilidade. Tudo se faz no tempo certo.

Fuja para o ar livre. Aproveite e contacte com a natureza. Aprenda a ser a natureza e a respirar a calma que ela consegue transmitir.

Saiba quando deve parar. Por vezes, estamos tão submersos nas nossas coisas que não sabemos quando é a altura de parar (antes de algo mais grave acontecer). Deixe para amanhã o que não pode fazer hoje. Aprenda a desligar.

8) DORMIR

Uma coisa muito importante: o dormir. Durma o suficiente e o mínimo que é aconselhado. É fulcral dormir bem e descansar, a todos os níveis.

9) ACABAR COM A LOUCURA

Acabe com o açúcar, a cafeína e o tabaco, ou seja, com os vícios. Faça uma alimentação mais saudável e adote um estilo de vida ativo e saudável.

Faça coisas diferentes: experimente estar uma noite sem televisão. Como poderia ocupar o seu tempo? O que poderia fazer que gostasse? Experimente.

Nós temos muito a ilusão que somos feitos de coisas. Que somos TERES humanos em vez de SERES humanos. Faça a transformação do TER para o SER.

Deixe de se preocupar tanto. Aceite o que não pode modificar. Modifique apenas aquilo que consegue e pode. Não pense demasiado no futuro e aprenda a viver mais o presente. Em vez de criticar, faça elogios.

10) O PODER DA FELICIDADE

A felicidade está dentro de nós. “A felicidade está em usufruir e não apenas em possuir” (Michel de Montaigne)

11) UM GESTO DE GRATIDÃO

Fique agradecido por alguma coisa. Agradeça e agradeça…

12) O ÚLTIMO HURRA!

Descubra formas de apreciar a vida tal como ela é. Elas existem; se calhar ainda não as descobriu.

 

Também poderá gostar de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *