Dia Mundial do Não Fumador

1392079_582000471848698_398482566_n

São várias as notícias que se ouvem devido aos efeitos maléficos do tabaco: “14,4 cigarros por dia é a média que um fumador consome em Portugal”; “o número de mortes anual por tabagismo ronda os 10.000”; “quase um quarto da população portuguesa fuma”; “um dos cancros mais frequentes é também um dos mais evitáveis”; “tabaco mata 11 pessoas por dia em Portugal”; “fumar é a principal causa de cancro do pulmão”; “o tabagismo faz mais de 5 milhões de mortes todos os anos”.

Estas são as notícias que deixam toda a gente alarmada e com medo de serem os próximos. Contudo, apesar das pessoas terem a noção da realidade e das consequências do tabaco, e de quererem conseguir abandonar este vício, apenas 5% conseguem fazê-lo! E porquê? Porque é, realmente, muito difícil deixar-se um vício (seja ele qual for). Somos seres humanos, feitos de hábitos e, como tal, temos muita dificuldade no que toca à mudança (mesmo que esta seja benéfica para nós).

Deixamos-lhe algumas dicas para que consiga deixar de fumar, assinalando, desta forma, o Dia Mundial do Não Fumador:

  • Primeiro que tudo é preciso querer mudar e ter motivação para isso. Nada melhor que procurar a ajuda de um psicólogo;
  • Pense nas vantagens que tem em deixar de fumar: 6 horas depois de deixar de fumar o ritmo cardíaco e a pressão arterial começam a baixar; 2 dias depois, o cheiro e o paladar tornam-se mais apurados e, após 72 horas, a capacidade pulmonar aumenta e a respiração torna-se mais fácil; 9 meses depois, os problemas respiratórios e a tosse diminuem; após 10 anos, o risco de vir a sofrer de cancro do pulmão ou ter um ataque cardíaco é duas vezes menor do que o de um fumador e, por último, 15 anos passados, o risco de doença cardiovascular é o mesmo de um não fumador do mesmo sexo e idade;
  • Escolha um dia específico para deixar de fumar (por exemplo, uma data importante para si);
  • Fale com as outras pessoas desta sua opção para deixar de fumar, para que o apoiem;
  • Comece a fumar menos, todos os dias; ou, se quiser ser mais radical largue de uma vez (há muita gente que deixa de fumar de um dia para o outro);
  • Há muitas coisas que o fazem lembrar o fumar. Quando assim for, distraia-se com alguma tarefa ou coma uma pastilha;
  • Faça exercício físico, para produzir a sensação de bem estar;
  • Faça uma alimentação saudável;
  • Pense, principalmente, que é uma mudança na sua vida e que vai conseguir. Tal como já conseguiu tantas outras coisas.

Também poderá gostar de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *