Porque comemos demais?

gula

Porque comemos demais? Por fome? Por desejo? Por necessidade? As questões são muitas, mas as respostas não são assim tão simples, nem tão fáceis. Há diversos motivos que nos levam a comer demais e, consequentemente, a comer coisas que “não devíamos” (principalmente, açúcares, fritos e gorduras saturadas).

Então, porque comemos demais?

  1. Porque comemos os alimentos errados, com as embalagens erradas. Por exemplo, tem uma vontade enorme de comer batatas fritas e compra um pacote. Qual deve escolher: o maior ou o mais pequeno? Pensa logo no mais pequeno, não é? Pois, assim, irá comer menos. ERRADO! Comprar pacotes pequenos só o fazem comer mais, pois o pacote pequeno dá-lhe permissão para comê-lo todo e sentir-se menos mal com isso. Ou seja, não compra o grande, pois sabe que não vai parar de comer e, por isso, compra os pequenos. Que mal tem isso? O problema, é que irá comer dois ou três pacotes pequenos (equivalem mais do que um grande).
  2. Come mais quando está com os amigos, do que quando está sozinho (apesar de poder pensar o contrário). Com os amigos, fica mais relaxada e não presta tanta atenção ao que come. Sabia que quando está em grupo, pode consumir quase o dobro das calorias? E sem dar por isso… Por isso, tenha mais atenção às suas refeições, quando está com amigos e/ou familiares.
  3. Acha que come mais num prato claro ou num prato escuro? A resposta é: num prato claro. A cor do prato distorce um pouco a nossa percepção e servimos mais comida. As pessoas comem mais 22% quando a cor do prato e da comida são iguais.
  4. Porque compensamos as nossas emoções e/ou sentimentos com a comida; ou seja, se está mais triste, ansiosa e nervosa poderá ter tendência a comer demais e, muitas vezes sem dar por isso. Portanto, poderá compensar as suas emoções com pequenos momentos prazerosos (comida)! Mas tenha atenção, a comida não o ajuda a resolver os problemas e a sentir-se melhor emocionalmente, apesar de pensar que sim!

Também poderá gostar de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *