44% dos idosos com excesso de peso

alimentacao-de-idosos

A notícia está em vários sites na internet, mas dado o tema e a sua importância, teríamos de frisar este projeto sobre o estado nutricional dos portugueses com mais de 65 anos (Nutrition Up 65). Os dados são alarmantes (recolhidos entre dezembro de 2015 e junho de 2016, com 1500 idosos):

  • Taxa de homens com excesso de peso – cerca de 50%; Taxa de obesidade nos homens – 30,6%
  • Taxa de mulheres com excesso de peso –  40,3%; Taxa de obesidade nas mulheres – 44,5%
  • Mais de um terço da amostra, estavam desidratados, apresentando os homens uma proporção mais elevada (47,1%), em comparação com as mulheres (30,5%);
  • A grande maioria dos idosos, mais de 85%, consome sal em excesso, sendo o valor mais alto registado nos homens, 91,8%, ficando as mulheres pelos 80,4%;
  • Cerca de sete em cada dez apresenta deficiência em vitamina D, com maior prevalência nas mulheres, com uma percentagem de 72,7%, superior aos 63,7% verificados nos homens.

Segundo o investigador da FCNAUP Rui Valdiviesso, as alterações no estado nutricional têm implicações na fragilidade – associada à uma maior morbilidade e mortalidade nos idosos -, apresentando 20,6% dos idosos sinais desse fator, com uma maior incidência nas mulheres (25,5%) comparativamente aos homens (14%).

 

É urgente a prevenção! É urgente que a alimentação dos portugueses se modifique, optando por uma alimentação saudável e equilibrada, para que a saúde também seja melhor.

Também poderá gostar de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *